Posts

Compartilhe

Não seria uma curiosa “coincidência” que a sugestão de FHC para ser feita “eleição antecipada”, seja a MESMA coisa que Lula, o maior ladrão do mundo queira? Será que tem…


Compartilhe

A brilhante ideia da esquerda pra diminuir a violência foi deixar os meninos afeminados. Segundo a teoria esquerdista, se os meninos brincassem com brincadeiras de menina, seriam menos agressivos e violência diminuiria.

 

Desde a década de 1980 os educadores esquerdistas decidiram inibir, diminuir e até proibir as “brincadeiras de menino” nas escolas.

 

Com  aulas de  “artes” e educação física, contextualizadas de forma mais feminina os meninos foram induzidos a um comportamento afeminado.

As aulas de educação física daquelas que os meninos tinham tempo livre para brincar de forma MASCULINA, foram substituídas por Arte/Educação Física, que representa 15% da grade escolar.  Há décadas os meninos tem sido induzidos a agir como meninas.

Além disso a alimentação nas escolas é a base de SOJA, que contem isoflavona, um imitador de hormônio feminino, os estrógenos, que alteram quimicamente o organismo do menino, mas também da menina, induzindo a sexualização precoce de ambos.  No caso do menino a sexualização afeminada.

Muitos homossexuais pensam  ter nascido “gays”, mas foram induzidos por um  maquiavélico projeto de feminização, que é a causa de o número de homossexuais ter aumentado.

 

  • O resultado desse experimento é desastroso e ao contrário do que planejaram:
    -A violência se multiplicou,
    -O número de assassinatos explodiu,
    -Alto índice de depressão,
    -O uso de drogas se multiplicou,
    -Alto número de suicídios,
  • Enquanto isso, mulheres reclamam de não ter homem. 

Artigo sobre efeitos da Soja na infância:  http://zh.clicrbs.com.br/rs/vida-e-estilo/vida/noticia/2016/02/possivel-acao-hormonal-da-soja-gera-debate-sobre-seu-consumo-na-infancia-4968818.html

Compartilhe


Compartilhe
Compartilhe

O Brasil tem visto nos últimos meses que o  STF, TSE e STJ são órgãos da suprema corte que funcionam em favor daqueles que os indicaram ao cargo. Nessa última e…


Compartilhe